Stellantis não renova contratos de precários e recorre a mão de obra estrangeira

16 nov, 14:39

A Comissão de Trabalhadores do grupo Stellantis, antiga PSA, em Mangualde, acusa a administração de não estar a renovar contratos com trabalhadores precários e de estar a receber mão de obra de outras fábricas do grupo que estão paradas devido à crise que atinge o setor automóvel.

Economia

Mais Economia