Rússia reconhece 98 mortos em quartel de Makiivka - mas dá informações contraditórias

Jornalista da Editoria de Internacional
4 jan, 14:22

A Rússia reconheceu esta quarta-feira que o ataque contra um aquartelamento das suas forças em Makiivka, na Ucrânia, causou 89 mortos.

Contudo, há informações contraditórias vindas da própria Rússia que indicam que o números de vítimas mortais pode ser muito maior.

Moscovo refere que o ataque ucraniano foi possível graças ao uso indevido de telemóveis pelos militares que estavam no local.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados