"Rejeitar-me é de alguma forma a rejeição de um moçambicano que assumiu a identidade portuguesa". A reação de Gabriel Mithá Ribeiro

31 mar, 19:07

"Eu nasci moçambicano, vivi moçambicano, vivo moçambicano e vou morrer moçambicano", começa por dizer Gabriel Mithá Ribeiro depois de não ter sido eleito vice-presidente da Assembleia da República. "Esses 12 deputados ditos xenófobos votaram em mim e sabem que tenho esta identidade". O deputado do Chega lembra ainda que Portugal é um pais que "anda há décadas a dizer que Angola, Moçambique, Cabo Verde, São Tomé e Guiné são estratégicos para Portugal", e que a sua rejeição representa "a rejeição de um moçambicano que também assumiu a identidade portuguesa". 

Novo Governo

Mais Novo Governo

Patrocinados