Português que sofreu aneurisma nos EUA já conseguiu pagar conta hospitalar graças a campanha solidária

3 nov, 21:17

Uma campanha de recolha de fundos arrecadou a verba necessária para libertar o turista português que ficou refém de uma dívida de 150 mil euros num hospital nos EUA. Miguel Cardoso teve de ser operado de urgência a um aneurisma, em Nova Iorque, e só depois percebeu que o seguro de viagem apenas cobria uma pequena parte das despesas.

E.U.A.

Mais E.U.A.

Patrocinados