"Portugal não aprendeu relativamente a 2017". Ex-presidente da Proteção Civil critica gestão dos incêndios

14 ago, 19:04

A Serra da Estrela foi atingida por um grande fogo que consumiu mais de 15 mil hectares, num incêndio que levantou novas dúvidas sobre a atuação das autoridades. Para o coronel Joaquim Leitão, que era o presidente da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil em 2017, ano dos incêndios de Pedrógão Grande, "Portugal não aprendeu".

Coronel Joaquim Leitão, ex-presidente da Autoridade Nacional de Proteção Civil

País

Mais País

Patrocinados