“Percebe-se que Marcelo preferia a demissão de Pedro Nuno e responsabiliza Costa por tê-lo mantido”

30 jun, 21:30

O Presidente da República afirmou que “isto é para levar a sério”, referindo-se à escolha do novo aeroporto, o que Pedro Santos Guerreiro interpreta como uma crítica à “comédia” das últimas 24 horas.

O jornalista realça ainda o facto de Marcelo Rebelo de Sousa ter responsabilizado o primeiro-ministro pela “escolha dos seus colaboradores” do governo.

Na crise política das últimas horas, o primeiro-ministro “na prática convidou Pedro Nuno Santos a apresentar a demissão, coisa que ele não fez”, não o tendo demitido depois.

E isto depois de o ministro das Infraestruturas ter “passado da arrogância política em relação à oposição e da petulância em relação ao Presidente da República” para “uma das maiores humilhações públicas de que há memória”, passando “do excesso de testosterona para o Melhoral Infantil”, afirma ainda Pedro Santos Guerreiro.

Veja o comentário completo no vídeo.

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados