Pais defendem serviços mínimos nas escolas e questionam legalidade da greve dos professores. "Temos pais desesperados que já perderam os empregos"

11 jan, 20:45

A Confederação Nacional de Pais garante que há Encarregados de Educação que já perderam o emprego e outros ameaçados do despedimento, como consequência das faltas a que são obrigados pelo fecho das escolas. 

A CONFAP pede ao Ministério da Educação que verifique a legalidade da greve dos professores e que decrete serviços mínimos para que não haja escolas fechadas. 

Educação

Mais Educação

Patrocinados