"Os portugueses não vão poder todos viver no centro de Lisboa e no centro do Porto"

6 mar, 10:33

O presidente da Associação dos Profissionais e Empresas de Mediação Imobiliária de Portugal (APEMIP) considera que algumas das medidas do "Pacote da Habitação" poderão "ter um impacto muito positivo". Paulo Caiado diz ainda que quando os portugueses "se afastam 10/20/30 quilómetros do grande centro urbano encontram soluções habitacionais com discrepâncias de preço muito grandes"

Imobiliário

Mais Imobiliário

Mais Vistos

Patrocinados