Omicron: médica portuguesa retida na Namíbia

27 nov 2021, 13:13

Carla Reizinho, médica portuguesa que estava de férias na Namíbia, foi apanhada de surpresa pelas medidas adotadas nas últimas horas por vários países da União Europeia para impedir a propagação da nova variante do SARS-CoV-2, Omicron.

Em entrevista à CNN Portugal, Carla Reizinho admite não saber se conseguirá sair do país, uma vez que os países suspenderam os voos de e para África do Sul.

Questionada sobre os apoios do Governo para resolver a situação, a médica diz ter recebido um telefonema do Gabinete de Crise do Ministério dos Negócios Estrangeiros a pedir atualizações quanto à sua localização.

"Neste momento, pediram para nos mantermos em contacto com eles, mas não conseguiram encontrar grandes opções para nos  tirar daqui", afirmou.

África

Mais África

Patrocinados