Novas sanções acordadas por líderes da UE: em que consiste este sexto pacote?

Correspondente em Bruxelas
30 mai, 23:40

Os chefes de Estado e de Governo acabam de chegar a acordo em relação às novas sanções à Rússia, que envolvem o embargo ao petróleo. Esta foi a principal dificuldade que manteve o acordo bloqueado durante um mês e durante várias horas na cimeira em Bruxelas.

Todos os países terão de deixar de comprar petróleo russo dentro de seis meses, ainda que para convencer a Hungria tenham sido admitidas excessões. O embargo poderá ser apenas aplicado ao petróleo que é transportado por mar, sendo que a Hungria, a Eslováquia e a República Checa continuarão a comprá-lo por tempo indeterminado.

Viktor Orbán exigiu ainda uma cláusula de emergência e solidariedade: no caso de problemas de abastecimento de petróleo por terra, os restantes países deverão permitir o combustível por via marítima. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados