Justiça pode estar a fazer "perseguição pessoal" a Costa. Marcelo "não pode continuar a assobiar para o ar"

11 abr, 22:44

Miguel Sousa Tavares espera que "haja o mínimo de bom senso" para que a investigação a António Costa seja "despachado muito rapidamente" no DCIAP. "Se não estamos perante um caso de perseguição pessoal a um indivíduo pela Justiça", afirma, na rubrica 5ª Coluna.

O comentador avisa ainda que Lucília Gago "não pode continuar" com as respostas que dá, não esclarecendo, e que Marcelo Rebelo de Sousa "não pode continuar a assobiar para o ar".

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados