“Ficou claro que não havia razão para chumbar este Orçamento”. As "conclusões" e consequências" de Costa

4 jan, 21:55

À saída do debate eleitoral com Jerónimo de Sousa, António Costa realça que o país precisa de "virar rapidamente esta página da pandemia” e que “ficou claro que não havia nenhuma razão para chumbar este Orçamento”.

“Quando no momento mais grave da nossa vida coletiva, alguém achou que era o momento de criar uma crise política, isto tem consequências”, referiu o secretário-geral do PS.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados