Falta de especialistas provocou o caos nas urgências de obstetrícia no ano passado

Jornalista TVI e TVI24
8 mai 2023, 13:12

No último ano, foram vários os casos de falta ou de demora na assistência a grávidas. Foi por isso decidida a reorganização das urgências de Obstetrícia, sobretudo na Grande Lisboa.

Um dos casos em que uma grávida morreu, no verão do ano passado, levou mesmo à demissão da antiga ministra da Saúde, Marta Temido.

País

Mais País

Patrocinados