Estudantes em protesto gritam e cantam símbolos de resistência: "Para quê estudar se não vamos ter futuro?"

10 nov, 18:04

Alunos barricados na Escola Secundária António Arroio, em Lisboa. O estabelecimento de ensino está encerrado e sem aulas, neste que é o quarto dia de protestos dos ativistas da greve climática estudantil. Os estudantes exigem o fim dos combustíveis fósseis até 2030 e a demissão do ministro do Mar e da Economia

País

Mais País

Patrocinados