Saiba tudo sobre o Euro aqui

Estes jornais escaparam à censura da ditadura: e chegavam escondidos em panelas aos presos políticos



Jornalista da editoria de política desde 2004, entrou para a TVI em 2003 e trabalhou na editoria de sociedade e no programa "Diário da Manhã", onde integrou a equipa fundadora do projecto.

Licenciada em Comunicação Social e Cultural pela Universidade Católica Portuguesa e mestre em Ciência Política pela mesma insttiuição.

Autora da obra "A Transição impossível: a ruptura de Francisco Sá Carneiro com Marcello Caetano" (Casa das Letras).
3 abr, 22:20

A caminho dos 50 anos do 25 de Abril, a liberdade de expressão continua a ser um valor que nos recorda como a imprensa livre tinha de ser clandestina, antes da revolução. Apesar da censura e da vigilância, os jornais proibidos, e muitas vezes escritos à mão, conseguiam circular mesmo dentro das prisões, onde se acumulavam presos políticos, sobretudo comunistas. São documentos únicos na história da resistência à ditadura.

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados