Especialista em florestas diz que não podemos estar "dependentes da meteorologia". "Temos de ter um território ocupado e gerido"

13 jul, 11:19

Paulo Pimenta Machado compara o combate às chamas a um guarda-redes. Engenheiro silvicultor e autor do livro "Portugal em chamas" - publicado após o incêndio de Pedrógão - explica que o resto da equipa deve funcionar durante o resto do ano. "Temos de apostar sobretudo nos pontas de lança, no estabelecimento de algum rendimento que permita a instalação de população no interior." 

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados