Entrevista à CEO da TAP: “Os custos serão sempre uma obsessão”

30 nov 2021, 07:00

Chegou há cinco meses à TAP e diz que já não está assustada. Mesmo se ainda desconhece as imposições que Bruxelas poderá impor no plano de reestruturação para aprovar as ajudas de Estado. Christine Ourmières-Widener recebeu a CNN Portugal no Hangar 6 do aeroporto de Lisboa, o maior hangar da TAP, onde explicou o trabalho de manutenção de aeronaves, para a TAP mas também para outras companhias, que há anos garante uma forte reputação da TAP nesta área. Ali há manutenção mas também transformação em aviões de carga. “Temos uma fantástica equipa de mecânicos a fazer trabalho de manutenção não só para nós, TAP, mas também para outras companhias do mundo inteiro”, diz. E fala da nova  geração de Airbus, que permite poupar combustível, produzindo menor impacto ambiental… e nos custos da empresa. Sobretudo quando o petróleo está, em média, bem mais caro agora, o que pode vir a provocar aumentos nas tarifas.

 

Entrevista na íntegra.

Empresas

Mais Empresas

Patrocinados