Espanha
6'
0 - 0
Itália

"Entrei como turista e não sei o que fazer". Wesley queria ir para Portugal, mas teve o passaporte retido durante três meses

17 dez 2022, 21:46

Uma empresa que trabalha diretamente para o consulado português em São Paulo na emissão de autorizações de residências para Portugal, a VSF, reteve o passaporte a um médico brasileiro durante três meses.

Por causa da morosidade do processo, Wesley Ramos quase perdeu a viagem que tinha marcado para o Porto e acabou por entrar em Portugal como turista, mas como não tem visto de residência terá de pagar 2.500 euros de multa sobre a mobília que vai trazer do Brasil.

Até hoje, o Ministério de Negócios Estrangeiros não explicou à TVI/CNN Portugal por que razão o consulado em São Paulo continua a trabalhar com uma empresa que conta com mais de 300 reclamações. No entanto, aponta o dedo à falta de comunicação entre a VSF e o consulado.

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados