"Em cada dez militares russos apenas um mostra vontade firme de combater". A análise de Isidro Morais Pereira

16 jun, 00:21

Isidro Morais Pereira analisa a tomada de Severodonetsk pelas forças russas que tarda a estar concluída. O major-general explica que tal se deve à grande diferença de moral entre os militares ucranianos e os seus adversários. Enquanto o primeiro está "fortemente moralizado para defender o seu solo pátrio", no lado russo "em cada dez, apenas um mostra vontade firme de combater", de acordo com alguns orgãos noticiosos. 

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados