"É absurdo": Putin rejeita guerra com a NATO mas garante que a Rússia vai "destruir" F-16 cedidos à Ucrânia

28 mar, 11:45

Vladimir Putin garante que não tem planos para atacar países da NATO, qualificando essa ideia como um "absurdo".

Num encontro com pilotos da força aérea numa região a norte de Moscovo, o presidente russo adverte, no entanto, que, se o Ocidente fornecer caças F-16 à Ucrânia, as forças russas não vão hesitar em destruí-los.

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados