"É a confiança na justiça que é colocada em causa": Luís Rosa diz que o processo de corrupção da Madeira se revelou "uma mão cheia de nada"

15 fev, 09:49

Apesar de compreender os mecanismos da justiça e que o juiz pode ter um entendimento diferente do Ministério Público em relação aos indícios, o jornalista Luís Rosa considera que o processo de corrupção de Madeira se revelou "uma mão cheia de nada". "Tem de haver um trabalho de escrutínio prévio no DCIAP e parece que este trabalho não está a ser feito, esse trabalho do poder hierárquico perdeu-se nos últimos e criou-se uma autonomia interna, como se os procuradores pudessem fazer o que querem", considera.

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados