Dinheiro e condições há, "falta é vontade política" para responder aos cidadãos. As declarações de Isabel Camarinha

15 set, 17:39

Os sindicatos do setor da Saúde manifestam-se durante a tarde desta quinta-feira nas ruas de Lisboa, no dia em que o Serviço Nacional de Saúde faz 43 anos. Uma marcha lenta arrancou por volta das 15 horas, desde o Saldanha até ao Ministério da Saúde, para exigir o reforço e a valorização deste serviço. 

No protesto "Defender e Reforçar o Serviço Nacional de Saúde Público, Gratuito e Universal", Isabel Camarinha falou aos jornalistas, defendendo que há possibilidade de haver condições de vida dignas no país, dada a toda a riqueza que nele é produzida. "O que há é falta de vontade política", critica a secretária-geral da Confederação Geral dos Trabalhadores Portugueses - Intersindical Nacional.

Saúde

Mais Saúde

Patrocinados