CP condenada a pagar mais de um milhão de euros a mulher que perdeu a perna por comboio seguir viagem com a porta aberta

3 set, 21:06

A CP - Comboios de Portugal foi condenada a pagar 1 milhão e 600  mil euros a uma mulher que foi colhida por um comboio em 2008.

A decisão foi tomada esta quarta-feira e trata-se de uma das indemnizações mais elevadas alguma vez decididas por tribunais portugueses num caso de acidente.

Por causa do acidente, Joana Reais foi amputada e perdeu uma das pernas.

A CP pode ainda pedir um recurso da sentença. A TVI/CNN Portugal tentou entrar em contacto com a empresa, mas sem sucesso.

País

Mais País

Patrocinados