Costa: "Não há nenhuma fatalidade para o país ser pior que os outros países"

21 jan, 13:56

O secretário-geral do PS considera que nem a descida do IRC, nem o congelamento de salários ajuda no desenvolvimento do país, e elogia a resiliência dos portugueses durante os tempos mais difíceis.

Para António Costa, "não há nenhuma fatalidade para o país ser pior que os outros países".

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados