Comandante do Grupo Wagner fugiu para a Noruega a pé - e promete testemunhar sobre os crimes que viu

Jornalista da Editoria de Internacional
17 jan, 22:46

Andrei Medvedev foi perseguido pela guarda fronteiriça russa até entrar no país escandinavo. Garante estar disposto a testemunhar sobre vários homicídios e outras violações dos direitos humanos a que assistiu na Ucrânia

Europa

Mais Europa

Mais Vistos

Patrocinados