"Claro que é estranho vermos uma acusação de 31 crimes contra Sócrates, depois desce para seis, agora sobe para 28. Mas isto felizmente é a Justiça a funcionar"

Diretor executivo CNN Portugal
25 jan, 18:50

Pedro Santos Guerreiro, diretor-executivo da CNN Portugal, analisa a decisão do Tribunal da Relação de Lisboa, que anunciou esta quinta-feira que vai levar José Sócrates a julgamento por 22 crimes, incluindo de corrupção, branqueamento de capitais e fraude fiscal.

"Claro que é estranho vermos uma acusação de 31 crimes contra Sócrates, depois desce para seis, agora sobe para 28. Mas isto felizmente é a Justiça a funcionar", argumenta Pedro Santos Guerreiro.

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados