Chega "pode tirar o cavalinho da chuva". "Jamais a UE deixará que as verbas do Fundo de Coesão sejam para financiar pensões"

18 jan, 22:54

Em análise à proposta do Chega de equiparar a pensão mínima ao salário mínimo, Miguel Sousa Tavares indica dois principais problemas: financiamento e justiça. “Como é que o chega propõe financiar isto?”, questiona o comentador no 5.ª Coluna desta quinta-feira.

Referindo-se à sugestão de recorrer ao Fundo de Coesão, afirma que “podem tirar o cavalinho da chuva”. “Jamais a União Europeia deixará que, nas verbas do Fundo de Coesão - que são, por definição, para ajudar países menos desenvolvidos a aproximarem-se do grau de desenvolvimento dos outros - deixaria que essas verbas fossem para financiar pensões”.

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados