Caso Madeira: "Gostava de saber qual foi o número de inquéritos que a procuradora-geral da República abriu para investigar a violação do segredo de justiça"

16 fev, 17:14

O constitucionalista Jorge Bacelar Gouveia considera que “o juiz de instrução criminal viu as coisas completamente ao contrário”, no caso de corrupção na Madeira, e que o “Ministério Público, no exercício dos seus poderes, entendeu que existiam indícios fortes da prática de crimes”. 

 

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados