Caso de tuberculose no Hospital de Viseu obriga a rastrear 124 bebés

11 fev, 13:38

Dezenas de recém-nascidos contactaram com uma estudante de enfermagem infetada com tuberculose no Hospital de Viseu. Os bebés vão ter de ser rastreados, sendo que a segunda fase de rastreio arranca dentro de duas semanas e todos os bebés vão poder ser vacinados contra a doença se os pais assim o quiserem, uma vez que a vacinação não é obrigatória, apenas recomendada.

País

Mais País

Mais Vistos

Patrocinados