Brasil: Supremo Tribunal considera que a Polícia Rodoviária Federal tem sido complacente com protestos

1 nov, 14:46

 

Pedro Bello Moraes, enviado especial da CNN Portugal ao Brasil, acompanha o pós-eleições no Brasil, numa altura em que aumenta a expectativa sobre quando Jair Bolsonaro irá quebrar o silêncio e se irá reconhecer a derrota nas eleições presidenciais, que ditaram o regresso de Lula da Silva à presidência do país.

Os protestos dos apoiantes do ainda presidente em funções têm marcado as primeiras horas após as eleições, mas por se tratar de um protesto político, o Supremo Tribunal Federal teve de atuar, colocando no terreno a polícia militar e com ordem de uso força se assim entender que é necessário.

Além disso, o Supremo Tribunal Federal considera que a Polícia Rodoviária Federal (PRF) tem sido complacente com os protestos. Este organismo é liderada por um apoiante de Jair Bolsonaro, que é agora alvo de uma multa diária se não atuar.

Brasil

Mais Brasil

Mais Vistos

Patrocinados