António Costa diz que Transtejo "agiu de boa-fé" e expressa "solidariedade pessoal" após chumbo do Tribunal de Contas

22 mar 2023, 21:05

Apesar das críticas, o primeiro-ministro diz que a Transtejo agiu bem na renovação da frota e na compra em separado dos navios e das baterias. 

No parlamento, António Costa desvalorizou o chumbo e o envio do relatório do Tribunal de Contas para o Ministério Público, depois de este ter considerado que empresa pública defraudou os interesses dos contribuintes ao efetuar compras de quase 68 milhões de euros por ajuste direto. 

Governo

Mais Governo

Patrocinados