António, 81 anos, sempre se dedicou à pirotecnia - mas o negócio dos foguetes está em declínio. "Chegamos a janeiro e não sabemos o que fazer"

Correspondente da TVI em Leiria
29 dez 2022, 16:15

António herdou um negócio de família e viu a pirotecnia do Bombarral tornar-se líder de mercado, no final dos anos 90. 

Mas o negócio está em perigo: a pandemia veio cancelar as celebrações habituais e o verão de 2022 foi igualmente pouco produtivo. Agora, espera-se que as vendas para a passagem de ano ajudem a equilibrar as contas. 

País

Mais País

Patrocinados