Ana Pedrosa-Augusto: "Justo era dizer que as pessoas podem manter mais rendimento do que aquele que o Estado lhes tira nos impostos"

15 set, 00:12

Em análise à proposta anunciada pela presidente da Comissão Europeia, esta quarta-feira, Ana Pedrosa-Augusto não se mostra de acordo, uma vez que considera "uma brutal ingerência do mercado". "É fazer um mecanismo tendencialmente fácil para os governos usarem hoje, amanhã, depois, sempre que lhes apetece", esclarece a comentadora da CNN Portugal. "Justo é repartir, de facto, o esforço por todos e dizer que as pessoas podem manter maior rendimento quando trabalham por ele". 

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados