Alunos falam em caça a propinas. Universidade Lusíada escuda-se nos estatutos e rejeita repetição de exames

17 dez 2022, 21:52

Há novos casos de alunos da Universidade Lusíada que se sentem alvo de uma caça às propinas.

Depois da primeira situação revelada, em exclusivo pela TVI/CNN Portugal, recebemos mais sete denúncias de alunos que não puderam repetir exames apesar de terem atestados médicos que comprovam que tinham especial urgência em realizar atos médicos como cirurgias.

A universidade escuda-se nos estatutos e assegura que os alunos só podem repetir exames noutras datas em casos excepcionais.

Educação

Mais Educação

Mais Vistos

Patrocinados