"A necessidade de escolher um novo primeiro-ministro aguça um pouco o apetite para a participação eleitoral"

10 mar, 19:51

Paulo Rangel defende que “devemos ser cautelosos” na interpretação das projeções iniciais da taxa de abstenção, nestas eleições legislativas, explicando que é “muito difícil medir exatamente qual é fator que pode ter contribuído para isso”.

Por outro lado, o comentador da CNN Portugal não deixa de destacar que o facto de se tratar da escolha de um novo primeiro-ministro, “aguça um pouco o apetite para a participação eleitoral”.

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados