"A Coreia do Norte aproveitou a proteção indiscriminada da China e da Rússia"

6 out, 07:53

Devido ao lançamento de vários mísseis por parte da Coreia do Norte, o Conselho de Segurança da ONU reuniu-se de emergência esta quarta-feira. Na reunião, a embaixadora norte-americana garantiu que os Estados Unidos não vão ficar parados enquanto Pyongyang ameaça diretamente o país, os aliados e o mundo inteiro. Linda Thomas-Greenfield acusa ainda a China e a Rússia de protegerem o regime de Kim Jong-un.

Ásia

Mais Ásia

Patrocinados