Em atualização

GUERRA AO MINUTO | EUA vão participar na cimeira da paz após pedido de Zelensky

Todas as informações mais recentes sobre o conflito na Ucrânia, que começou a 24 de fevereiro de 2022
2024-05-26

O que está a acontecer

2024-04-17
19:27

Ucrânia pode enfrentar restrições ao fornecimento de energia esta quinta-feira

No Facebook, a empresa que gere a rede elétrica ucraniana, a Ukrenergo, alertou os residentes do país para a possibilidade de condicionamentos no fornecimento de energia a fábricas e outros estabelecimentos industriais.

"No dia 18 de abril, das 8:00 às 22:00, poderá ser necessário aplicar restrições controladas de fornecimento de energia aos consumidores industriais", pode ler-se na nota.

"A necessidade de restringir o fornecimento de energia resulta dos ataques maciços da Rússia com mísseis e drones às centrais eléctricas ucranianas. Devido à vaga de frio, o consumo de eletricidade na Ucrânia aumentou. O sistema elétrico está a enfrentar uma escassez de energia", acrescentou a Ukrenergo.

Siga ao minuto:

2024-05-26
16:37

"O mundo tem os meios para combater o terror russo e nós", diz Zelensky

O presidente ucraniano garante que “o mundo tem meios para combater o terror russo”, voltando a apelar ao envio de sistemas de defesa aérea para a Ucrânia.

“O mundo tem os meios para combater o terror russo e nós, na Ucrânia, precisamos dessa ajuda. Apoio atempado e suficiente dos parceiros. Apoio constante e inabalável aos nossos guerreiros. Mais sistemas modernos de defesa aérea, em especial os Patriots, e a capacidade de destruir os terroristas russos para que não possam aproximar-se das nossas fronteiras”, escreveu, no X (antigo Twitter).

Zelensky frisou ainda que "egimes agressivos como o da Rússia estão a aumentar rapidamente o seu apetite pela agressão". "Quando são bem-sucedidos numa parte do mundo, criam problemas em muitos outros lugares; a agressão espalha-se a menos que seja travada”, garantiu.

2024-05-26
16:28

Sobe para 16 o número de mortos em ataque a supermercado em Kharkiv

O número de mortos na sequência do ataque russo a um hipermercado em Kharkiv no sabádo subiu para 16. A informação é atualizada pelo chefe da administração militar da região, Oleh Syniehubov. 

“Infelizmente, já há 16 mortos”, escreveu no Telegram.

2024-05-26
16:21

EUA vão participar na cimeira da paz após pedido de Zelensky

Volodymyr Zelensky pediu e os EUA já responderam: o país vai participar na cimeira da paz em junho que está acontece em junho na Suíça. A informação foi avançada por um representado norte-americano à Reuters.

A fonte não disse, no entanto, quem vai representar os EUA na conferência. 

2024-05-26
13:23

Salvini: Stoltenberg deve renunciar se não se retratar sobre uso de armas na Rússia

O vice-presidente do Governo italiano pediu este domingo a demissão do secretário-geral da NATO, se este não "se retratar ou pedir desculpa" por propor a permissão da Ucrânia utilizar armas doadas pelo Ocidente para atacar a Rússia no seu território.

"Pode falar de guerra, falar de usar as bombas ou os mísseis ou as armas italianas que enviamos à Ucrânia para se defender no seu território, mas não pode falar em lutar, atacar e matar fora do seu território, não o pode fazer em meu nome, em nome da Liga (seu partido) ou em nome do povo italiano", disse Matteo Salvini.

O líder da Liga, citado pela agência de notícias EFE, destacou que é necessário "defender a Ucrânia atacada". "Temos feito isso desde o primeiro minuto, mas não estamos em guerra com ninguém".

"Não quero deixar a terceira guerra mundial à porta dos meus filhos, por isso a NATO não pode obrigar-nos a matar na Rússia, nem ninguém pode obrigar-nos a enviar soldados italianos para lutar ou morrer na Ucrânia. Defender é uma coisa, matar é outra. Portanto, este homem ou pede desculpas, retifica ou renuncia", reiterou.

O líder da NATO, Jens Stoltenberg, propôs, no âmbito do direito à autodefesa "consagrado na Carta das Nações Unidas", a possibilidade de a Ucrânia atacar dentro do território da Rússia e garantiu que isso é "legal", desde que sejam "objetivos militares e legítimos", segundo a EFE.

"Chegou a hora de os aliados considerarem se deveriam levantar algumas destas restrições impostas às armas que doaram à Ucrânia, porque temos de lembrar que esta é uma guerra de agressão por parte da Rússia, que a Ucrânia tem o direito de se defender e que isso inclui atacar alvos em território russo", disse Stoltenberg.

O ministro dos Negócios Estrangeiros italiano, Antonio Tajani, que já rejeitou esta proposta, afirmou também hoje: "Não queremos que as armas enviadas de Itália sejam utilizadas para além das fronteiras da Ucrânia".

2024-05-26
12:40

Agostinho Costa antecipa escalada na Ucrânia: “já entrámos numa confrontação, na sombra, entre Estados Unidos e Rússia”

O major-general Agostinho Costa, especialista em assuntos de segurança, considera que a guerra na Ucrânia está num “momento complicado”, com uma grande “volatilidade”. “Estamos num plano em que se espera uma reação russa”, adianta. E junta: “já entrámos numa confrontação, na sombra, entre Estados Unidos e Rússia.

2024-05-26
12:40

"Caso Zelensky venha, ainda não sabemos onde irá estar: vai falar ao Parlamento? Vai estar com o Presidente?"

Tiago André Lopes, comentador da CNN Portugal, analisa a iminente visita do presidente da Ucrânia a Lisboa, prevista para a próxima terça-feira

2024-05-26
11:38

Rússia diz ter capturado aldeia na região de Kharkiv

A Rússia alegou este domingo que as suas forças capturaram a aldeia de Berestove, no limite entre as regiões ucranianas de Kharkiv e Lugansk, um dia depois de um ataque a um hipermercado de Kharkiv ter provocado pelo menos 12 mortos e 43 feridos.

A notícia está a ser avançada pela agência russa TASS, que cita o ministro da Defesa da Rússia.

A Reuters diz que ainda não conseguiu verificar a informação junto das fontes no terreno de batalha.

2024-05-26
11:03

Borrell pede mais defesas aéreas para Kiev após ataque a centro comercial

A Europa "tem de aumentar urgentemente o apoio à defesa aérea do exército de Kiev", defende o Alto Representante da União Europeia (UE) para os Negócios Estrangeiros, Josep Borrell.

Borrell falava após o ataque russo a um hipermercado em Kharkiv, no nordeste do país, que deixou, segundo os dados mais recentes divulgados pelo Ministério do Interior, pelo menos 12 mortos e 43 feridos, ataque que o Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, considerou “ignóbil”.

“Condeno com a maior veemência os atrozes ataques perpetrados pela Rússia contra a cidade de Kharkiv, incluindo um centro comercial cheio de gente, em que civis foram mortos e feridos”, afirmou Borrell numa mensagem publicada sábado à noite na rede social X.

Para Borrell, a Europa “tem de aumentar urgentemente o apoio à defesa aérea do exército de Kiev”, porque ‘salva vidas e protege as cidades ucranianas’.

2024-05-26
10:58

Portugal na rota de Zelensky. "Há aqui um interesse por Costa ser um putativo candidato à presidência do Conselho Europeu"

Ana Miguel dos Santos, especialista em Assuntos de Segurança e Defesa, analisa a iminente visita do presidente da Ucrânia a Lisboa na terça-feira, um dia depois de paragem em Madrid e no contexto das eleições europeias

2024-05-26
10:58

Zelensky em Lisboa serve "para mostrar que ainda tem algum controlo sob a sua agenda"

Orlando Samões, especialista em Relações Internacionais, comenta a iminente visita do presidente da Ucrânia a Lisboa, quando "não se pode perder de vista aquilo que está verdadeiramente em causa" com a guerra

2024-05-26
09:47

Ataque a Kharkiv faz pelo menos 12 mortos e 43 feridos

Pelo menos 12 pessoas morreram e 43 ficaram feridas no ataque das forças russas a um movimento hipermercado de Kharkiv, no norte da Ucrânia, com recurso a duas bombas de deslize, atualizaram as autoridades.

O ataque gerou um enorme incendio no hipermercado de bricolage e construção Epicentr K, nos arredores da cidade, onde à hora do ataque estariam cerca de 200 pessoas, segundo Zelensky.

O presidente ucraniano referiu que "este ataque em Kharkiv foi mais uma manifestação da loucura russa".

"Apenas loucos como [o presidente russo, Vladimir] Putin são capazes de matar e aterrorizar pessoas desta forma."

Um segundo ataque ao centro de Kharkiv na noite de sábado provocou pelo menos oito feridos, adiantaram as autoridades ucranianas.

2024-05-26
09:18

Zelensky pede a Biden e a Xi que participem na cimeira da paz em junho

O presidente da Ucrânia, Volodomyr Zelensky, deslocou-se este domingo a Kharkiv, um dia depois de um ataque russo a um hipermercado com cerca de 200 pessoas ter resultado em pelo menos 11 mortos e 40 feridos.

A partir da cidade, alvo de uma ofensiva terrestre das forças russas a 10 de maio, Zelensky dirigiu um pedido aos homólodos dos EUA, Joe Biden, e da China, Xi Jinping, para que se juntem à cimeira da paz que está marcada para meados de junho na Suíça.

2024-05-26
09:13

Rússia abate 14 drones da Ucrânia em três regiões fronteiriças

A defesa antiaérea russa abateu este sábado 14 'drones' (aeronaves não tripuladas) ucranianos nas regiões fronteiriças russas de Kursk, Oryol e Belgorod, região que foi atacada na noite de sábado com 30 mísseis, informou o Ministério da Defesa da Rússia.

"Uma tentativa do regime de Kiev de levar a cabo um ataque terrorista com 'drones' de asa fixa contra alvos na Rússia foi abortada nas primeiras horas da noite de sábado. Os sistemas de defesa aérea intercetaram e destruíram dez 'drones' sobre a região de Kursk e três drones sobre a região de Oryol", disse o exército.

As forças russas também abateram um 'drone' sobre Belgorod, por volta das 08:00, hora de Moscovo (05:00 em Lisboa).

Esta última região foi alvo de um ataque ucraniano na véspera, com um míssil anti-navio ucraniano 'Neptune' e 29 mísseis 'RM-70 Vampire' de produção checa, segundo a defesa.

Segundo o governador local, Vyacheslav Gladkov, quatro civis foram mortos em consequência dos ataques ucranianos a Belgorod no dia anterior.

"Infelizmente, o número de civis mortos aumentou para quatro pessoas", escreveu no Telegram, referindo que 12 outras pessoas ficaram feridas.

2024-05-26
09:06

Zelensky em Espanha e Portugal. "Visitas poderão ter algum significado no plano militar"

O professor José Palmeiras, especialista em Relações Internacionais da Universidade do Minho, comenta a iminente visita do presidente da Ucrânia a Madrid e Lisboa e também a situação no Médio Oriente

2024-05-26
08:20

Sobe para 11 mortos número de mortos de ataque em Kharkiv

O ataque russo a um hipermercado em Kharkiv, a segunda maior cidade da Ucrânia, no nordeste do país, causou pelo menos 11 mortos, de acordo com um novo relatório divulgado hoje pelo governador regional.

No anterior balanço, Oleg Synegoubov tinha referido a existência de seis mortos, cerca de 40 feridos – três dos quais em estado grave e muito grave -, e pelo menos 16 pessoas dadas como desaparecidas nos escombros do hipermercado de produtos de construção.

Synegoubov disse que, também no sábado, três horas depois do ataque contra o hipermercado, a Rússia lançou mísseis contra uma zona residencial no centro da cidade, ferindo 18 pessoas.

O Presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, escreveu na plataforma de mensagens Telegram que “a Rússia desferiu outro golpe brutal contra a cidade de Kharkiv (…) a meio do dia”.

A cidade de Kharkiv, que tinha 1,5 milhões de habitantes antes da guerra e se situa próxima da fronteira russa no nordeste da Ucrânia, é frequentemente atacada pelas forças de Moscovo, que lançaram também a 10 de maio uma ofensiva terrestre na região.

2024-05-25
22:38

Aumenta para 18 o número de feridos em ataque russo a parque em Karkiv

O número de feridos na sequência do ataque russo a um parque em Kharkiv subiu para 18. A atualização foi feito pelo governador Oleh Syniehubov.

2024-05-25
22:32

Tropas ucranianas atacam Belgorod. Há três mortos

As tropas ucranianas atacaram a região russa de Belgorod e mataram três residentes. A informação é avançada pelo governador regional.

De acordo com Vyacheslav Gladkov, entre as vítimas estão um homem e uma mulher, que morreram num ataque com rockets à aldeia de Oktyabrsky, onde outras 10 pessoas ficaram feridas.

A terceira vítima mortal é uma mulher que trabalhava no seu jardim, na aldeia de Dubovoye, no momento do ataque.

2024-05-25
21:59

Produção militar da Rússia aumentou significativamente desde o início da guerra, diz Putin

Vladimir Putin diz que a produção militar da Rússia aumentou significativamente desde o início da invasão à Ucrânia.

“Desde o início da operação militar especial da Rússia na Ucrânia, o aumento da produção foi superior a 22 vezes em mísseis e artilharia, 15 vezes em equipamento eletrónico de guerra e de reconhecimento, 14 vezes em munições, sete vezes em veículos, seis vezes em proteção pessoal blindada, quatro vezes em equipamento de aviação e veículos não tripulados e quase três vezes e mia em armas blindadas”, especifica.

O presidente russo considera ainda que este “é um bom ritmo, um volume elevado”.

2024-05-25
21:55

Sobe para seis o número de mortos em Kharkiv

Pelo menos seis pessoas morreram no ataque russo contra um hipermercado a cidade de Kharkiv, este sábado. A informação é avançada pelo presidente da câmara, que atualiza para mais de 40 o número de feridos.

2024-05-25
19:23

Seis feridos em ataque russo a parque de Kharkiv

Seis pessoas ficaram feridas na sequência do ataque russo a um parque no centro de Kharkiv. A informação foi avançada pelo chefe da administração regional, Oleh Syniehubov.

"Os ocupantes voltaram a atacar no centro de Kharkiv", escreveu no Telegram.