Quais são os países mais felizes do mundo? Portugal não está entre os primeiros lugares, veja porquê

21 mar, 09:00
Lakeland, Finlândia (Getty Images)

Estes países têm muito boas pontuações na expectativa de vida saudável, PIB per capita, apoio social em tempos de dificuldade, baixa corrupção e alta confiança social, bem como generosidade numa comunidade onde as pessoas cuidam umas das outras e liberdade para tomar decisões importantes na vida

O Relatório da Felicidade Mundial, uma publicação da Rede de Soluções de Desenvolvimento Sustentável da ONU, divulgou a lista de países mais felizes do mundo em 2022, com a pandemia de covid-19 em pano de fundo e a invasão da Ucrânia em pano de fundo.

Com base na análise de dados globais da população em 150 países, o relatório de 2022, que marca 10.º aniversário da primeira publicação, fez uma descoberta surpreendente – a população mundial está cada vez mais benevolente.

"A grande surpresa é que, em termos globais, registaram-se grandes aumentos nas três formas de benevolência em análise na Gallup World Poll", disse à CNN Travel John Helliwell, um dos três editores fundadores do relatório. As três formas analisadas são: as doações para caridade, a ajuda a estranhos e transeuntes e o trabalho voluntário.

A média global destas três ações saltou cerca de 25% em 2021 em comparação com os níveis pré-pandemia, refere o relatório, que conclui que a benevolência é agora "a principal preocupação" da população em todo o mundo, numa altura em que o mundo assiste à invasão da Ucrânia e procura todos os meios para ajudar.

Os países nórdicos continuam a ser os mais felizes

A Finlândia voltou a ser considerada, pelo quinto ano consecutivo, o país mais feliz do mundo, de acordo com os rankings do relatório, seguida da Dinamarca e da Islândia. A Suécia e a Noruega também estão entre os países mais felizes, ocupando o sétimo e oitavo lugares, respetivamente.

O relatório indica que estes países têm muito boas pontuações em todos os fatores analisados, nomeadamente na expectativa de vida saudável, PIB per capita, apoio social em tempos de dificuldade, baixa corrupção e alta confiança social, bem como generosidade numa comunidade onde as pessoas cuidam umas das outras e liberdade para tomar decisões importantes na vida.

Portugal ficou na 56.ª posição, com uma média de avaliação de 6,016, abaixo dos 7,821 pontuados pela Finlândia. A generosidade foi o fator que obteve menor pontuação em Portugal, seguindo-se da percepção da corrupção. Em relação à Finlândia, Portugal registou pior pontuação em todas as categorias analisadas, menos numa, na esperança de vida saudável. À frente de Portugal, estão países como o Japão (em 54.º lugar), o México (em 46.º lugar), o Brasil (38.º) e a Espanha (29.º).

Nos últimos lugares estão o Ruanda, o Zimbabué, o Líbano e o Afeganistão.

O ranking não se baseia em nenhum índice ou indicador do país, mas em entrevistas feitas todos os anos a cerca de mil residentes de cada país onde lhes é pedido para fazerem uma avaliação da sua vida em diferentes domínios. O resultado final combina uma média das entrevistas dos três últimos anos.

Eis a lista dos 20 países mais felizes do mundo, de acordo com o Relatório de Felicidade Mundial 2022:

  1. Finlândia
  2. Dinamarca
  3. Islândia
  4. Suíça
  5. Holanda
  6. Luxemburgo
  7. Suécia
  8. Noruega
  9. Israel
  10. Nova Zelândia
  11. Áustria
  12. Austrália
  13. Irlanda 
  14. Alemanha
  15. Canadá
  16. Estados Unidos
  17. Reino Unido
  18. República Checa 
  19. Bélgica
  20. França

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Mundo

Mais Mundo

Patrocinados