Zelensky e Costa falaram: a Ucrânia vai usar a experiência portuguesa

Agência Lusa , PF
21 jun, 16:55
António Costa e Volodymyr Zelensky (Ukrainian Presidential Press Office via AP)

Em causa está a adesão da Ucrânia à UE

O presidente ucraniano, Volodymyr Zelensky, afirmou esta terça-feira que agradeceu ao primeiro-ministro português, António Costa, o apoio de Portugal para a atribuição à Ucrânia do estatuto de candidato à adesão à União Europeia (UE).

“Tive uma conversa com o primeiro-ministro António Costa. Agradeci-lhe o apoio de Portugal para a atribuição à Ucrânia do estatuto de candidato à adesão à UE. Concordámos usar a experiência de Portugal na nossa aproximação à UE”, escreveu Zelensky no Twitter.

Por seu turno, António Costa, também nessa rede social, confirmou ao líder ucraniano o apoio de Portugal à concessão à Ucrânia do estatuto de candidato no seu processo de adesão à União Europeia.

“Falei hoje com o presidente Zelensky. Confirmei que, na sequência do parecer da Comissão Europeia, Portugal apoiará a concessão do estatuto de candidato à Ucrânia no próximo Conselho Europeu”, escreveu António Costa.

Nesta mensagem, o primeiro-ministro disse também ter comunicado ao Presidente da Ucrânia a disponibilidade de Portugal “para aprofundar o apoio político e técnico ao processo de adesão ucraniano”.

No Conselho Europeu de quinta e sexta-feira, em Bruxelas, os chefes de Estado e de Governo da UE deverão tomar uma decisão sobre o parecer de 17 de junho da Comissão Europeia, que recomenda a atribuição do estatuto de país candidato à adesão à Ucrânia, assim como à Moldova.

Novo Dia CNN

5 coisas que importam

Dê-nos 5 minutos, e iremos pô-lo a par das notícias que precisa de saber todas as manhãs.
Saiba mais

Governo

Mais Governo

Patrocinados