Álvaro Pacheco: «Pormenorzinho de sermos capazes de concretizar está perto»

30 set, 13:32
Álvaro Pacheco no Rio Ave-Vizela

Treinador do Vizela fez a antevisão ao jogo com o Portimonense

Atualmente no 15.º lugar com 5 pontos, o Vizela defronta este fim de semana em casa o Portimonense, que segue no 4.º posto da Liga com 15 pontos somados nas primeiras sete jornadas.

Álvaro Pacheco, técnico dos minhotos, apontou a receita para superar uma equipa algarvia em forma neste arranque de época.

«Sem bola, temos de ser agressivos. Temos de manter a nossa equipa intensa. Sem bola, temos de se capazes de controlar o jogo de profundidade do Portimonense, o jogo exterior e os cruzamentos. Com bola, temos de saber quando e como acelerar. Sem bola, o Portimonense sente-se confortável, e quando a ganha é perigoso», avisou na conferência de antevisão ao duelo marcado para as 15h30 deste sábado.

Álvaro Pacheco apelo à tranquilidade, serenidade e foco. Factores que têm de estar presentes no jogo contra a equipa de Paulo Sérgio, à qual deixou elogios. «É uma equipa madura, experiente, muito agressiva e pragmática, que identifica bem os ‘timings’ de jogo. Neste campeonato, todos os jogos são difíceis», vincou.

Nas sete primeiras rondas, o Vizela marcou cinco golos e tem um dos piores ataques da prova, estando a par de Santa Clara e Paços de Ferreira e apenas à frente de Marítimo (4) e Famalicão (1). Apesar desse registo, o técnico considerou que não tem faltado caudal ofensivo à sua equipa. «O Vizela cria muitas oportunidades de golo. Aquele pormenorzinho de sermos capazes de concretizar está perto, para chegarmos aos golos e à vitória», assinalou.

Mais Lidas

Patrocinados