Pedras Rubras «repudia» violência em jogo de juniores com o Salgueiros

11 abr 2023, 15:00
Complexo desportivo de Campanhã

Clubes trocam acusações depois dos graves incidentes que se verificaram no sábado

O Pedras Rubras veio a público, através de um comunicado, repudiar os confrontos que se verificaram em campo, no passado sábado, num jogo com o Salgueiros inserido no campeonato de juniores da Associação de Futebol do Porto.

«O Futebol Clube Pedras Rubras, na sequência de notícias vindas a publico em vários jornais desportivos, vem informar que, repudia qualquer forma de violência e/ou discriminação, uma vez que somos um clube que defende intransigentemente os valores que norteiam a ética desportiva, e consequentemente os graves incidentes ocorridos no jogo de juniores entre o Salgueiros e o Pedras Rubras», começa por destacar o comunicado.

Recordamos que o jogo foi interrompido, ainda na primeira parte, quando um lance entre dois jogadores levou a uma invasão de campo e agressões entre jogadores, elementos do staff e também adeptos dos dois emblemas.

O Salgueiros já tinha condenado «os graves incidentes» e apontou o dedo ao adversário por agressão a um jogador e também pelos danos provocados num dos bancos do Complexo Desportivo de Campanhã (ver imagem de capa).

Agora foi a vez do Pedras Rubras acusar o Salgueiros de não ter preparado «convenientemente a organização do jogo», «ao não fazer a separação de adeptos, num jogo potencialmente de alto risco de segurança, devido às classificações».

Os visitantes acusam ainda o adversário de ter permitido a presença de «vários elementos não identificados na zona técnica» que «vieram a ter participação ativa nos acontecimentos» que mancharam o jogo de juniores.

Ainda no mesmo comunicado, o Pedras Rubras apresenta a sua versão do incidente que começou ao minuto 31, quando a equipa da casa vencia por 1-0. «O jogador número 10 do Salgueiros encostou a cabeça ao nosso atleta Diogo Pombo e tentou dar-lhe uma cabeçada. Ato continuo, o nosso atleta Hélder Moreira, no meio de um aglomerado de jogadores, viu desferido pelo número 10 do Salgueiros uma estalada na face».

Seguiram-se várias agressões de parte a parte, mas o jogo acabou por ser retomado, mesmo depois de dois jogadores terem sido encaminhados para o hospital, e terminou com um empate 2-2.

O comunicado do Pedras Rubras:

Relacionados

Patrocinados