Homem suspeito de agredir ex-companheira na Covilhã fica em prisão preventiva

Agência Lusa , CF
7 jul, 17:15
Violência no namoro (Pexels)

A GNR apurou ainda que o suspeito ameaçava e agredia física e verbalmente a vítima de forma reiterada

Um homem, de 47 anos, suspeito de agredir a ex-companheira, vai ficar em prisão preventiva, depois de ter sido detido pela GNR no concelho da Covilhã, foi esta quinta-feira anunciado.

Em comunicado enviado à agência Lusa, o Comando Territorial da GNR de Castelo Branco explica que a detenção foi efetuada através do Posto Territorial de Tortosendo, na terça-feira.

“No âmbito de uma denúncia por violência doméstica, os militares da Guarda deslocaram-se ao local, onde apuraram que o agressor havia agredido e ameaçado a vítima, sua ex-companheira de 50 anos”, refere.

A GNR detalha ainda que, “na sequência de diligências de investigação, os militares apuraram ainda que o suspeito, de forma reiterada, ameaçava e agredia física e verbalmente a vítima, tendo sido dado cumprimento a um mandado de detenção”.

O detido foi presente a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Covilhã e ficou em prisão preventiva, sendo conduzido para o Estabelecimento Prisional de Castelo Branco.

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados