Sequestrou, agrediu e violou a namorada durante fim de semana em Braga

Agência Lusa , AM
20 fev 2023, 12:51
Polícia Judiciária

Logo após a prática dos factos, suspeito fugiu para Espanha e, depois, para a Alemanha. Foi detido pela PJ quando regressou a território nacional e ficou em prisão preventiva

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 32 anos de idade suspeito de violência doméstica, violação, sequestro e outros crimes de âmbito informático, sendo a vítima a namorada, anunciou esta segunda-feira aquela força.

Em comunicado, a PJ refere que os factos ocorreram no fim de semana de 17 a 19 de setembro de 2022, “altura em que o arguido, toldado por ciúmes doentios e por uma postura totalmente controladora dos movimentos e contactos da vítima, a manteve sequestrada num quarto onde aquele habitava, em Braga”.

Nessa altura, o arguido “agrediu e manietou a vítima, mantendo-a amarrada à cama, injuriou-a, violou-a, ameaçou-a de morte e cortou-lhe o cabelo”, acrescenta o comunicado.

Antes de a abandonar, o arguido apoderou-se de diversos pertences da vítima, nomeadamente do telemóvel, cujas credenciais de acesso exigiu, praticando, com recurso ao mesmo, diversos crimes, como transferências bancárias para a sua conta, contração de crédito bancário em seu nome e publicações nas redes sociais da vítima.

Logo após a prática dos factos, o arguido fugiu para Espanha e, depois, para a Alemanha.

Apenas regressou a território nacional na semana passada, altura em que foi detetado e detido pela Polícia Judiciária, na zona de Braga.

O suspeito foi presente às autoridades judiciárias competentes, de turno, sendo-lhe aplicada a medida de coação de prisão preventiva.

Relacionados

Crime e Justiça

Mais Crime e Justiça

Patrocinados