Zircon, o míssil russo que cria uma "nuvem de plasma" e escapa aos radares

2 jun, 11:04

Para o coronel Mendes Dias, analista militar da CNN Portugal, o novo míssil hipersónico anunciado pela Rússia, e que Vladimir Putin diz ser invencível, não é, neste momento, preocupante para a Ucrânia, ainda que seja "dissuasor".

"É mais um instrumento, mas não está produzido em número suficiente nem a ocupação do terreno se faz com esta tipologia", explicou.

Quanto às características do Zircon, o coronel disse que, "dada a grande velocidade, forma uma nuvem de plasma e, portanto, os radares não o conseguem detetar".

Comentadores

Mais Comentadores

Patrocinados