Zelensky “está a pedir uma clarificação definitiva” do que aconteceu na Polónia - e não a arrastar a NATO para a guerra no terreno

17 nov, 16:30

O major-general Isidro de Morais Pereira não crê que Volodymyr Zelensky queira arrastar a NATO para a guerra no terreno ao insistir em negar que o míssil que caiu na Polónia é ucraniano.

“Não podemos concluir de forma linear que seja essa a intenção de Zelensky [a de arrastar a NATO]. O que me parece é que o presidente zelensky tem informações que lhe são veiculadas pela sua força aérea e que eventualmente vão noutro sentido”, explica.

Para o comentador da CNN Portugal “a realidade é que pode ter sido um míssil russo, como pode ter sido um míssil ucraniano” e que “quando Zelensky diz que gostaria que peritos seus se dirigissem ao local ou fossem autorizados a fazer parte das investigações a única coisa que ele está a pedir é uma clarificação definitiva” sobre se este míssil é um S-300 disparado pela Ucrânia ou se é um míssil russo.

Europa

Mais Europa

Patrocinados