“Zelensky começa a observar fadiga e cansaço da opinião pública europeia e receia perder a solidariedade e coesão”

28 jun, 10:53

Zelensky traçou uma meta para o fim da guerra: o final deste ano, afirmando que se houver vontade dos outros países, é possível acabar o conflito.

Para Helena Ferro Gouveia, a afirmação de Zelensky “é muito significativa”, visto que é a primeira vez que o faz. Para a especialista, há vários fatores envolvidos para que o presidente ucraniano queira terminar a guerra ainda este ano, sendo o inverno ucraniano um deles, pois “dificulta operações militares”. 

Além disso, diz a especialista, “Zelensky começa a observar fadiga e cansaço da opinião pública europeia e receia perder a solidariedade e coesão”.

Ao fazer esta declaração, Zelensky “está a colocar pressão” nos seus aliados para que forneçam mais armamento.

Europa

Mais Europa

Patrocinados