VOX “é uma extrema direita muito franquista”

24 jul 2023, 00:06

Alexandra Leitão mostra-se satisfeita com o resultado das eleições, pois “não acontece” o cenário que se dava como provável, o de o PP ter a maioria absoluta ou de ter a maioria absoluta com o VOX.

“Por toda a Europa, os bipartidarismos terminaram”, diz. “Hoje temos uma polarização esquerda, direita, sim, mas que não se traduz num partidarismo”. Deste modo, explica, “os partidos de direita moderada têm de decidir” se se aliam com os partidos da extrema direita.

A comentadora da CNN Portugal rejeita comparações entre o Sumar e o VOX, partido este que diz que é uma extrema-direita muito dura, negacionista das alterações climáticas, negacionista da violência de género, anti paridade, anti direitos LGBT, anti autonomia”.

Comentadores

Mais Comentadores

Mais Vistos

Patrocinados