Votos emigrantes: MAI aponta dedo aos delegados dos partidos pela anulação de mais de 157 mil votos

13 fev, 14:20

O gabinete da ministra da Administração Interna considera que foi um "lastimável episódio" a anulação de milhares de votos dos emigrantes nas eleições legislativas de 30 de janeiro.

A polémica parecia ter abrandado, mas este domingo Francisca van Dunem vem tomar posição, deixando responsabilidades para os partidos que tinham decidido aceitar todos os votos mesmo sem cópia do cartão de cidadão.

Depois de uma queixa do PSD, foram declarados inválidos, o que resultou na anulação de mais de 80% dos votos no círculo da Europa.

Partidos

Mais Partidos

Patrocinados