Von der Leyen em Kiev representa "uma vontade muito assumida da presidente da Comissão Europeia de alimentar a ilusão de uma adesão rápida da Ucrânia à UE"

11 jun, 17:55

Ursula Von der Leyen esteve este sábado em Kiev e um dos temas em cima da mesa, no encontro com Volodymyr Zelensky, foi a adesão da Ucrânia na União Europeia (UE). No entanto, os 27 já têm demonstrado alguns sinais de desunião. 

Manuel Loff acredita que esta nova visita da presidente da Comissão Europeia representa uma "vontade muito assumida" de uma adesão rápida da Ucrânia à UE.

O comentador da CNN Portugal entende que esta decisão de Ursula Von der Leyen visitar, mais uma vez, a capital ucraniana, vai ser fortemente contestada entre os 27 Estados-membros.

Sobre o mais recente conflito entre Joe Biden e Volodymyr Zelensky, Manuel Loff não vê isso como um 'arrefecer' da relação entre os dois países.  

"Não creio. Os Estados Unidos é um dos principais aliados da estratégia ucraniana de, neste momento, tentar levar a guerra até ao mais longe possível e a resistência ucraniana até ao mais longe possível", defendeu. 

Europa

Mais Europa

Patrocinados