Vladimir Putin continua a negar alvos civis. Ucrânia esteve em alerta no dia de natal

25 dez 2022, 21:17

Os números de mortos e feridos continuam a aumentar, em Kherson.
Com carácter de urgência, o governador pediu à população para doar sangue, tal é a gravidade da situação. Apesar das provas evidentes, Vladimir Putin continua a negar alvos civis e diz que está a agir na direção certa. Mostra-se pronto para negociar "soluções aceitáveis" mas diz que a Ucrânia e os aliados ocidentais não querem conversar.
A reação de Kiev é categórica: Putin precisa de "voltar à realidade"
e a realidade é esta: um país agredido, destruído, onde também no dia de Natal, todas as regiões do país estão sob alerta. Bakhmut e Kharkiv são duas das cidades onde os bombardeamentos continuam.
 

Europa

Mais Europa

Patrocinados